A magia das cartas: conheça os baralhos usados pelos mágicos

Copag 12 de Maio de 2014 0

A mágica com baralhos diverte o público há gerações e continua fazendo o maior sucesso

De acordo com o ilusionista Marco Tempest, cerca de 70% dos truques de mágica envolvem cartas de baralho. O deck básico de um mágico depende de uma série de fatores, como o tipo de truques que ele vai realizar e, é claro, o público que vai assisti-lo.

O ilusionista Jason England

Para os leigos, um baralho pode soar bastante similar ao outro – mas manipuladores de cartas profissionais, como o ilusionista Jason England (foto), podem facilmente diferenciar características táteis como a espessura do papel e o estilo de corte. “Você poderia me mostrar o conjunto de tacos de golfe que o Tiger Woods usa e outro à venda num hipermercado que eu não conseguiria distingui-los”, diz ele. “Mas, assim como Woods reconhece de cara as diferenças entre os tacos de golfe, eu também reconheço facilmente as diferenças entre as cartas”.

Além da espessura e do corte, os manipuladores de cartas prestam muita atenção no acabamento de um baralho – afinal, mágicos precisam de cartas que deslizem facilmente umas sobre as outras, facilitando a execução de leques perfeitos e também a apresentação de mágicas.

 

Baralhos especiais para mágicas

Muitos truques se beneficiam de características específicas das cartas. Fabricantes de cartas para mágicas produzem baralhos especiais para determinados truques.

Os baralhos do tipo one-way force possuem 52 cartas idênticas, às vezes apenas com as cartas do topo e da base diferentes. Mágicos a usam para truques simples, do tipo “Escolha uma carta, qualquer carta”.

Baralhos do tipo stripper apresentam cartas sutilmente côncavas em uma extremidade. A redução é tão leve que passa despercebida pelo público, mas um mágico experiente pode sentir a diferença e virar cartas que ele gostaria de encontrar mais tarde.

Já os baralhos ditos invisíveis incluem alterações ultrassecretas. Os mágicos os usam em truques do tipo “Eu posso adivinhar a carta que você está pensando”. Esses baralhos foram inventados por Joe Berg, mágico pioneiro do século XX, que batizou-os de baralhos “ultra mentais”. O nome não emplacou, mas esse tipo de baralho é até hoje considerado um dos mais emblemáticos da indústria. 

 

139 Experience, o baralho para mágicas da Copag

O interesse pela mágica com baralhos só aumenta e, na internet, é cada vez maior o número de comunidades que reúnem não apenas os ilusionistas profissionais, mas também os “mágicos de fim de semana”.

“A mágica tem um raro poder: com apenas alguns truques e um pouco de prática, você pode literalmente passar do garoto introvertido para a grande atração de uma festa”, aponta England.

Baralho 139 Experience da Copag

Desenvolvido em parceria com cerca de cinquenta grandes mágicos do Brasil durante um ano de inúmeros testes, o baralho 139 Experience mantém a tradição e beleza do design do baralho mais vendido no Brasil, o 139, e carrega as qualidades dos baralhos mais utilizados pelos grandes ilusionistas. Com cartão, gramatura, deslize, brilho e textura ideais para a realização dos melhores truques, o baralho é o único da linha de produtos nacionais da Copag com acabamento americano linen finish.

Em uma embalagem preta laminada e com acabamento especial, o baralho é encontrado nas cores azul e vermelha e pode ser usado tanto para a realização de truques como para jogar, pois possui todas as 54 cartas e é livre de marcações. O produto está disponível para compra na loja virtual da Copag.

Para quem ficou interessado no assunto e quiser se iniciar no universo das mágicas, recomendamos o Manual do Portal da Mágica, que inclusive destacou o lançamento do 139 Experience na época. Assista ao vídeo abaixo:

E aí, você também vai querer entrar para esse seleto mundo da magia? 🙂

 

[via Dribbble Blog]