A incrível história de Décio Spera

Copag 13 de setembro de 2017 0
A incrível história de Décio Spera

Quando a Dona Rita entrou em contato conosco e contou a história do seu marido, ficamos encantados em como o acaso pode nos trazer acontecimentos interessantes.

 

O simpático senhor de quem falava com orgulho ao telefone e por e-mail é Décio Spera, um dos maiores campeões de truco da sua geração e grande admirador da Copag, pois sua história se mistura muito com a nossa.

 

IMG-20170825-WA0027

 

Tudo começa lá em Assis, no interior de São Paulo. Desde pequeno, Décio agarrou amor pelos jogos de cartas. Truco, cacheta, buraco,tranca, poker e até paciência, não importava: se tinham cartas, tinha Décio. E se tinha Décio, tinha vitória.

A aptidão e paixão foram aumentando e se tornaram coisa de gente grande. Décio foi crescendo e participando de diversos torneios. Com isso, seu prestígio e habilidade foram se tornando imbatíveis.

 

IMG-20170825-WA0024

 

O tempo passou, o jovem se tornou um homem feito e seu traquejo com as cartas o tornaram – junto à sua dupla, o igualmente brilhante José Chiqueto – um grande talento na modalidade, vencendo torneios regionais e estaduais, acumulando diversos troféus e finalmente sendo reconhecido pela Federação Paulista de Truco.

 

IMG-20170825-WA0023 IMG-20170825-WA0029

 

Mas quem pensa que mesmo após tantas glórias o nosso campeão parou, se engana. Hoje, o Sr. Décio é responsável por coordenar campeonatos municipais e de interclubes. Além disso, três vezes por semana ele continua se divertindo com os amigos, jogando truco, cacheta e poker.

IMG-20170825-WA0025

Curiosamente, o Dia do Baralho cultua nesta edição o truco, justamente o jogo que o nosso inusitado personagem da vida real domina tão bem. É é verdade que estamos à procura de um novo rei, mas este dia 13, que também é aniversário do Sr. Décio, vamos celebrar em nossa história a data em que uma das nossas eternas Majestades faz nova idade e comemora seu reinado.

 

Pode fazer o maço junto conosco, Sr. Décio, pois esse dia é todo nosso.