Seguir @copag_oficial

Blog Pokémon TCG da Copag

Exibindo a categoria Dicas para montar o seu deck

Sinta a força do deck de Manectric/Kyurem!

E aí, pessoal! Agora sim o ano começou de verdade: semana passada, no dia 20, a Copag lançou a coleção XY – Força Fantasma — e nesta semana a coleção XY – Primal Clash já começa a valer nos torneios!

Antes de começar, gostaria de avisar a todos os fãs de Pokémon de 3DS que já estão marcados dois torneios Premier de VGC, nos dias 14/03 e 15/03.

Lembrando que eles são equivalentes aos Cities de TCG, ou seja, são torneios pequenos, mas que acumulam pontos para o ranking mundial. Deixando claro que os pontos de TCG e VGC são duas coisas completamente separadas. Aguardo vocês lá!

Para comemorar a chegada da XY – Força Fantasma, nada como usar cartas desta coleção como a estrela do deck, certo? Com vocês, então, a força de Manectric/Kyurem! :D

 

manectricPokémon (8):
3x Manectric-EX (XY Força Fantasma)
2x M-Manectric-EX (XY Força Fantasma)
2x Kyurem (BW Legendary Treasures/Noble Victories)
1x Kyurem-EX (BW Explosão de Plasma)

Trainer (32):
4x Professor Sycamore/Juniper
4x N
2x Lysandre
2x Colress
2x Skyla
3x VS Seeker (Explorador VS)
3x Muscle Band (Faixa Musculosa)
3x Ultra Ball (Ultra Bola)
2x Manectric Spirit Link (Elo Espiritual de Manectric)
2x Float Stone (Pedra Flutuante)
1x Switch (Substituição)
1x Professor’s Letter (Carta do Professor)
2x Rough Seas
1x Ace Spec

Energy (14):
6x Lightning (Elétrica)
7x Water (Água)
1x DCE (Dupla Incolor)

Total = 54 cartas

 

Estratégia

 

KyuremA estratégia principal do deck é utilizar o ataque do M-Manectric-EX (Raio Turbinado) para carregar o Kyurem, utilizar Glaciar e espalhar dano no campo do oponente, facilitando os nocautes posteriores com o Gigagelo do Kyurem-EX.

Porém, esta não é a única forma de causar danos massivos no campo do oponente. O primeiro ataque do Manectric-EX (Atropelar) causa 20 + 20 por uma energia incolor. Isso é ótimo no começo do jogo para colocar os Pokémon do banco do oponente na faixa de nocaute de seus outros ataques. O segundo ataque deste Pokémon também é muito bom (Laser de Ataque), visto que com apenas duas energias consegue causar 120, desde que o oponente tenha uma ferramenta anexada – e atualmente, quase todo mundo usa alguma ferramenta no deck.

O deck também conta com uma carta da nova coleção (Rough Seas) que faz com que você possa curar 30 de dano de todos os seus Pokémon elétrico e de água por turno. A grande e enorme desvantagem de se usar esta carta é na eventualidade de seu oponente também usar esses tipos, inutilizando sua estratégia de usar Glaciar.

Por fim, o deck não pode e nem deve contar com apenas estes Pokémon. Cabe a você escolher a melhor opção para preencher os espaços vazios. Abaixo listo algumas sugestões:

 

Outras opções de cartas

 

Dusknoir+2 Rare Candy
+2 Duskull
+2 Dusknoir
Utilizando Dusknoir, mesmo que você enfrente um oponente que use elétrico/água, você pode acumular todo o dano em um ou outro Pokémon que não seja deste tipo. Assim, o dano não poderá ser curado. Entretanto, utilizar Dusknoir requer bastante espaço no deck.

Zekrom-EX
Se você não tem o Kyurem-EX, pode substituir pelo Zekrom-EX. A diferença fica por conta do primeiro ataque, onde o Kyurem leva vantagem.

Black Kyurem-EX (Kyurem Preto-EX)
O deck Manectric/Black Kyurem possui potencial de OHKO (nocaute em um golpe), que é bastante importante no formato. Este deck de hoje dificilmente consegue tal fato. Adicionar uma cópia do Kyurem Preto pode salvar você contra os decks de fada.

Suicune
Salvaguarda sempre é uma opção quando o assunto é segurar o jogo. Se algo der errado, basta promover o Suicune que, na maioria das vezes, você consegue ganhar um turno ou dois. Eventualmente, ele pode selar o jogo se o oponente não estiver preparado, principalmente com Rough Seas em campo.

Keldeo-EX
Keldeo-EX é um atacante versátil. Mas é na partida contra Donphan que ele brilha mais. Com apenas uma energia de água e uma dupla, ele consegue nocautear o Donphan em apenas um ataque.

 

Conclusão

 

SuicuneDecks de água/elétrico e/ou com Mr. Mime/Anel de Montanhas simplesmente arruinam tudo, já que seu dano no banco será curado ou prevenido. Dusknoir provavelmente é a melhor opção contra decks de fada/água/elétrico, enquanto Kyurem-EX e Zekrom-EX são melhores contra Virizion/Genesect.

O deck tem uma grande vantagem contra Pyroar e Yveltal-EX, devido ao M-Manectric. Já Crobat (que vem se destacando no formato) é parcialmente solucionado com Rough Seas.

Certamente a lista acima não é a ideal, já que o formato acabou de começar e é bastante difícil prever o que vai predominar nos torneios.

Por hoje é isso aí, pessoal! Espero que tenham gostado. Deixem suas dúvidas, críticas e sugestões aí nos comentários e até a próxima! ;)

1 comentário

Cresselia Healing, o deck da resistência

Por Edgar Shinagawa

Olá, pessoal! Vocês já conhecem o Pokémon TCG Online, certo? Ele é um aplicativo que permite que você jogue o card game pelo computador ou iPad. É uma ótima ferramenta de treino e diversão.

Eu mesmo utilizo o programa frequentemente. Muitos dos decks que escrevo são baseados em ideias que eu vi jogando, ou então ideias minhas que eu testo online antes de postar aqui.

O deck de hoje veio de uma inspiração que eu tive ao ver as cartas mais antigas, da coleção BW – Fronteiras Cruzadas. Com vocês, o deck Cresselia Healing! :)

CresseliaPokémon (10):
3x Cresselia-EX (BW Fronteiras Cruzadas)
2x Mewtwo-EX (BW Legendary Treasures)
2x Sigilyph (BW Legendary Treasures)
1x Jirachi-EX (BW Explosão de Plasma)
2x Jynx (XY Punhos Furiosos)

Trainer (38):
4x Professor Sycamore/Juniper
4x N
2x Lysandre
2x Colress
2x Skyla
1x Lysandre Trumph Card
1x Pokémon Center Lady (Dama do Centro Pokémon)
3x VS Seeker
4x Ultra Ball (Ultra Bola)
4x Hardy Charm (Encanto Severo)
4x Dimension Valley
4x Potion (Poção)
1x Gold Potion (Poção de Ouro)
1x Switch (Substituição)
1x Professor’s Letter (Carta do Professor)

Energy (12):
6x Psychic (Psíquica)
2x Mystery
4x Double Colorless (Dupla Incorlor)

Total = 60 cartas

 

Estratégia

 

A estratégia do deck é sobreviver o maior tempo possível com o Pokémon ativo, utilizando-se de Dimension Valley para reduzir o custo dos ataques de seus Pokémon.

JynxO atacante principal é Cresselia-EX, que com Dimension Valley pode atacar com no segundo turno (uma energia dupla e uma psíquica). A ideia é ligar um Hard Charm (Encanto Severo) a fim de reduzir o dano recebido, ao mesmo tempo que a habilidade vai curando a Cresselia com o passar do tempo.

Como o metagame tem ataques de alto dano, contamos com Jynx e algumas poções para ajudar na cura. Quando essas curas não forem suficientes, basta recuar a Cresselia e deixar que ela se recupere sozinha no banco, enquanto utiliza outro Pokémon para atacar.

Sigilyph entra como uma barreira, dando a você o tempo necessário para a Cresselia se recuperar sozinha. Aliado à Jynx, Hard Charm e Poções, Sigilyph consegue ficar bastante tempo vivo.

Por último, Mewtwo-EX é um atacante backup, que consegue um dano razoável a um baixo custo.

 

Outras opções de cartas

 

+1/2 Jynx
O ideal é ter 2 Jynx no banco. Assim a Cresselia ativa consegue curar 40 de dano por turno. Ter 3 ou até mesmo 4 Jynx maximizam a eficácia desta estratégia.

Super Potion (Super Poção)
+ Pokémon Center Lady (Dama do Centro Pokémon)

Se você não achar a quantidade de cura no deck suficiente, aumente! Particularmente gosto de Pokémon Center Lady, já que ajuda a remover as condições.

Spiritomb
Cansado de perder para G-Booster? Spiritomb é a solução!

+ Mystery Energy
O recuo grátis é bastante importante neste deck, já que muitas vezes você precisará recuar a Cresselia para ela se recuperar no banco. Uma opção é utilizar-se de 4 energias especiais e 4 básicas, porém esta escolha deixa você vulnerável contra martelos.

 

SigilyphConclusão

 

O deck é bastante divertido. Desde que seu adversário não tenha ataques que causem mais de 180 de dano, a partida é bem disputada. A quantidade de dano que o deck consegue curar é bastante alta.

Um dos problemas deste deck é bastante óbvio: o G-Booster do Genesect. Outros atacantes que consegue alto dano na Cresselia sem muitos recursos também dão trabalho, tais como Yveltal-EX, Manectric-EX e Hawlucha. Entretanto, com uma boa matemática e bom uso das poções, todas as partidas são possíveis de serem ganhas.

No mais, é um deck que certamente lhe trará boas risadas quando seu oponente tentar nocautear o Sigilyph por vários turnos seguidos, enquanto você cura todo o dano causado nele.

E é isso por hoje, pessoal. Aproveitem bem o feriadão prolongado que vem aí e até a próxima! ;)

3 comentários

O retorno do deck Tool Drop

Por Edgar Shinagawa

Olá, pessoal! Hoje vou falar de um deck que o Robson Elias já comentou por aqui há um bom tempo atrás, o Tool Drop. Assim como todos os decks existentes, novas cartas chegam e trazem melhorias ou pioras para os decks. No caso do Tool Drop, a coleção XY – Flash de Fogo trouxe Startling Megaphone (Megafone Assustador), carta que inviabilizou o deck por remover todas as suas tools (ferramentas) em campo.

Porém, a coleção XY – Força Fantasma (que será lançada pela Copag no dia 20 de fevereiro) trouxe a carta Dimension Valley, que torna o deck novamente competitivo. Vamos à lista?

 

TrubbishPokémon (9):
4x Trubbish (BW Tempestade de Plasma)
3x Sigilyph (BW Explosão de Plasma)
1x Sigilyph (BW Legendary Treasures)
1x Jirachi-EX (BW Explosão de Plasma)

Trainer (44):
4x Professor Sycamore/Juniper
4x N
3x Bicycle (Bicicleta)
3x Roller Skates (Patins)
2x Lysandre
1x Lysandre Trumph Card
3x VS Seeker
4x Ultra Ball (Ultra Bola)
4x Muscle Band (Faixa Musculosa)
4x Float Stone (Pedra Flutuante)
4x Hardy Charm (Encanto Severo)
3x Head Ringer
4x Dimension Valley
1x Life Dew (Orvalho da Vida)

Energy (7):
7x Psychic (Psíquica)

Total = 60 cartas

 

Estratégia

 

A estratégia do deck continua a mesma – baixar a maior quantidade de Tools (ferramentas) possíveis e causar muito dano com o Trubbish. Para isso, continuamos a contar com o Sigiliph, cuja habilidade permite ligar até 4 cartas de ferramentas nele.

SigilyphO grande trunfo do deck agora é a possibilidade de atacar com apenas uma energia, graças ao Dimension Valley. Como o deck não necessita mais de Exp. Share (Compart. Exp.), não existe a necessidade de se utilizar Masquerain.

O deck conta com uma cópia do Sigilyph Safeguard (Salvaguarda), que serve para ganhar um turno extra contra decks que utilizem muitos EX. Jirachi-EX entra para aumentar um pouco da consistência do deck.

Logicamente que Megafone ainda está no formato e causa um grande estrago. Para isso, utilizamos uma cópia de Lysandre Trumph Card, que volta seu descarte inteiro para o deck. A dica aqui é descer somente a quantidade necessária de Tools, evitando que um Megafone atrase muito o seu jogo. Lembre-se que Head Ringer não é removido com o Megafone do adversário, já que as Team Flare Tool são ligadas no campo do oponente.

Por último, o Ace Spec escolhido é Life Dew (Orvalho da Vida), que prolonga o jogo e obriga o oponente a nocautear vários Pokémon. Aliado à Lysandre Trumph Card e VS Seeker, você pode reutilizar este Ace Spec mais de uma vez com facilidade.

 

Outras opções de cartas

 

Surskit/Masquerain
Antigamente obrigatório para rearranjar os Exp. Share (Compart. Exp.). Atualmente continua sendo bastante útil, mas pode ser considerado uma opção “luxuosa”. Se você conseguir encaixar uma linha 1-1, certamente será de grande valia.

Silver Bangle (Bracelete de Prata)
Os 10 de dano adicionais fazem grande diferença contra EX com HP ímpar (170, 210). Porém, com a presença de decks sem EXs no formato (como Donphan, Crobat), esta carta acaba sendo subutilizada.

Jamming Net
Outra Team Flare Tool, porém com redução de dano para EX. Sua utilidade acaba sendo basicamente contra Landorus-EX, pois os demais conseguem alcançar danos muito superiores aos 70 de HP do Trubbish. Caso você opte por esta carta, coloque no lugar de Head Ringer para não ficar com muitas Team Flare Tool no deck, que são inúteis contra decks sem EX.

 

JirachiConclusão

 

Seismitoad-EX é bastante chato, já que sem poder usar itens você não consegue descer as Tools. Além disso, VS Seeker também não pode ser usado, o que dificulta bastante o jogo. Porém, não é impossível, já que colocando Head Ringer no adversário você consegue ganhar tempo suficiente para colocar um bom número de Tools em campo.

A grande vantagem do deck é seu preço. Tirando as Team Flare Tool, todas as outras cartas são relativamente baratas e de fácil acesso. Mas nem por isso o deck é ruim. Além disso, é um deck “oito ou oitenta”, já que ou você ganha ou você perde rapidamente, minimizando as chances de empate.

E é isso por hoje, pessoal. Espero que tenham gostado e até a próxima! ;)

3 comentários

Bronzong: um deck para surpreender seus oponentes

Por Edgar Shinagawa

Olá, pessoal! Os Cities já estão acontecendo mundo afora, inclusive aqui no Brasil. O metagame vem se desenvolvendo em torno de alguns decks principais, como Donphan, Yveltal/Manectric, Virizion/Genesect, tendo alguns outros decks marcando presença.

Hoje vou falar sobre o deck de Bronzong, que inicialmente todos pensaram ser desequilibrado pela aceleração de energia em Estágio 1, assim como era o Eelektrik da coleção BW Vitórias Nobres. Entretanto, ao contrário da enguia elétrica, Bronzong não tem parceiros tão bons quanto Rayquaza-EX, Raikou-EX ou Zekrom, o que diminui bastante o poder de fogo do deck. Mas não se deixe enganar: com habilidade e um pouco de sorte, é possível surpreender o oponente. Vamos à lista!

 

Pokémon (15):
4x Bronzor (XY Phantom Forces)
4x Bronzong (XY Phanton Forces)
3x Dialga-EX (XY Phantom Forces)
1x Aegislash-EX (XY Phantom Forces)
1x Cobalion-EX (BW Tempestade de Plasma)
1x Cobalion (BW Legendary Treasures)
1x Keldeo-EX (BW Fronteiras Cruzadas)

Trainer (32):
4x Professor Sycamore
4x N
2x Colress
2x Lysandre
3x Fan Club Pokémon (Fã-clube Pokémon)
3x VS Seeker
4x Ultra Ball (Ultra Bola)
3x Float Stone (Pedra Flutuante)
2x Battle Compressor
3x Muscle Band (Faixa Musculosa)
2x Steel Shelter
1x Dowsing Machine (Máquina de Prospecção)
2x Hypnotoxic Laser (Laser Hipnotóxico)

Energy (13):
4x DCE (Dupla Incolor)
7x Metal

Total = 60 cartas


Estratégia

 

O objetivo do deck é energizar seus Pokémon com a habilidade do Bronzong. Dialga-EX é seu atacante principal, que com uma Muscle Band e Laser, consegue chegar nos 180 de dano para nocautear todos os EX do formato, exceto os Mega.

Ambos os Cobalion servem de atacantes secundários. Já Aegislash-EX não somente garante uma vitória praticamente certa contra Donphan, como atrapalha demais qualquer deck que use energias especiais.

Como contrapartida, o deck não tem opções de jogo contra Pyroar, já que conta com somente um Cobalion-EX.

Contra Garbodor, a lista acima não tem chances. Você pode adicionar Xerosic/Megafone para auxiliar nesta partida.

 

Conclusão

 

O principal atrativo deste deck, para mim, é o Aegislash-EX e seu auto-win contra Donphan, que vem se saindo muito bem nos torneios. Além disso, Yveltal também pode ter um pouco de dificuldades se não utilizar Garbodor. Pyroar não vem aparecendo ultimamente, então pode ser uma boa aposta.

Também possui possibilidades de OHKO (nocaute em um golpe) em EX normais, o que vem sendo bastante importante em conjunto com Lysandre.

Bem, pessoal, é isso por hoje. Deixem suas dúvidas, críticas e sugestões aí nos comentários e até a próxima! ;)

2 comentários

Hammers, o irritante deck de Seismitoad

Por Edgar Shinagawa

Olá, pessoal! Neste último final de semana ocorreram Cities na cidade de Sorocaba e Campinas, onde atuei como juiz. Um jogador veio até mim e disse que estava usando uma lista minha publicada aqui no blog. Fiquei bastante feliz de poder estar ajudando jogadores novos. Porém, ele usava a minha lista de Donphan, que foi escrita logo no início do lançamento da coleção XY – Flash de Fogo. Na época, esse deck ainda estava começando a ser aprimorado pelos jogadores mundo afora, tendo sido bastante modificado desde então.

Portanto, fica a dica para o pessoal ficar de olho na data de publicação da lista. Tenham em mente que em um ou dois meses alguém pode ter tido alguma ideia para otimizar a lista, principalmente se houve lançamento de cartas novas.

Bem, hoje vou falar de um deck que tem suas raízes na coleção XY – Punhos Furiosos e que nesta temporada de City apareceu com um novo companheiro, Slurpuff. Com vocês, Hammers, o deck de Seismitoad:

 

Pokémon (10):
3x Seismitoad-EX (XY Punhos Furiosos)
3x Swirlix (XY)
3x Slurpuff (XY Phantom Forces)
1x Jirachi-EX (BW Explosão de Plasma)

Trainer (37):
4x Professor Sycamore/Juniper
2x N
1x Colress
2x Lysandre
3x Team Flare Grunt (Grunhido da Equipe Flare)
1x Lysandre Trumph Card
3x VS Seeker
2x Ultra Ball (Ultra Bola)
3x Muscle Band (Faixa Musculosa)
2x Virbank City Gym (Ginásio da Cidade de Virbank)
1x Computer Search (Pesquisa no Computador)
4x Crushing Hammer (Martelo Esmagador)
2x Enhanced Hammer (Martelo Avançado)
2x Head Ringer
1x Switch (Substituição)
4x Hypnotoxic Laser (Laser Hipnotóxico)

Energy (10):
4x DCE (Dupla Incolor)
6x Water (Água)

Total = 57 cartas

 

Estratégia

 

A estratégia do deck é fazer de tudo para atrapalhar o oponente e impedir que ele jogue. O atacante do deck é Seismitoad-EX, carta da qual eu já cansei de falar aqui.

Enquanto seu oponente é impedido de usar Itens, você dificulta mais ainda a vida dele removendo as energias (com Martelos e Team Flare Grunt), aumentando custo de ataques (Head Ringer) ou envenenando (Laser).

A grande diferença deste deck para sua versão antiga é a presença de Slurpuff, cuja habilidade permite que você compre uma carta extra no turno. Se ele estiver ativo, você compra duas. Assim, você consegue mais recursos no turno para atrapalhar seu oponente.

 

Opções de cartas

 

+1 Seismitoad-EX
Com 4 cópias você maximiza a chance de abrir com o Pokémon que você quer atacar.

+Reshiram
Reshiram é uma boa resposta contra Virizion/Genesect. Se o Virizion usar um Emerald Slash no Reshiram, basta uma DCE e Muscle Band para levar um Pokémon.

+Float Stone (Pedra Flutuante)
Quando um Seismitoad for nocauteado, é possível promover um Slurpuff com Float Stone para comprar uma carta adicional. E não é preciso se preocupar com seu oponente removendo as Tool, já que ele não pode usar Item.

+1 Xerosic
Xerosic é versátil: ótimo para tirar um Head Ringer/Jamming Net que seu oponente tenha conseguido colocar no Seismitoad antes de ser travado ou para tirar uma energia especial caso você não tenha Hammer. Mas seu melhor uso certamente é na mirror, removendo ou a DCE ou a Muscle Band do seu adversário.

+1 Swirlix
+1 Slurpuff
Comprar cartas nunca é demais. Uma linha 4-4 de Slurpuff certamente fará suas compras serem mais efetivas. O contra é que as chances de abrir com Swirlix são maiores.

-6 Water Energy
As energias de água servem para usar o segundo ataque de Seismitoad, bastante útil na mirror e para finalizar o jogo. Porém algumas pessoas optam por abdicar completamente de energias básicas para abrir espaço para outras cartas. É importante lembrar que, caso se opte por somente energias especiais, um único Aegislash-EX pode estragar todos os seus planos.

 

Sugestões

+1 Seismitoad
+1 Xerosic
+1 Float Stone

 

Conclusão

 

Se você gosta de irritar seus oponentes, este é seu deck. O fato de ser irritante jogar contra é um fator importante, já que este sentimento pode levar seu oponente a errar durante a partida.

Pyroar e Virizion/Genesect são complicados. A primeira porque a única forma de nocautear o leão é usando Laser. A segunda é devido à fraqueza. Entretanto, ambas são possíveis de ganhar, devido à enorme quantidade de cartas para remover energias e impedir que seu adversário ataque.

Mas os maiores algozes deste deck são aqueles que conseguem causar uma alta quantidade de dano com pouquíssimos recursos. Hawlucha e Mewtwo-EX são dois ótimos exemplos. Qualquer deck que use essas cartas vai dar um pouco de trabalho.

É isso por hoje, pessoal! Espero que tenham gostado. Deixem suas dúvidas, críticas e sugestões logo abaixo e até a semana que vem! ;)

Sem comentários