abril 12, 2019 -

Fala, galera!

Aqui é o William Azevedo, campeão do Regional de Fortaleza, e venho hoje contar um pouquinho da minha história no Pokémon TCG.

Jogo Pokémon TCG desde o começo no Brasil, há cerca de vinte anos, com algumas paradas durante esse período.

Minha última parada terminou em 2013, quando voltei a jogar e a viajar pelo Brasil, disputando alguns Regionais e Nacionais. Como os Regionais de antigamente não tinham a dimensão dos de hoje, em virtude das premiações e viagens que concorremos, não disputava muitos, mas algumas vezes consegui bons resultados. Com a mudança na política de premiações da TPCI em 2017, o jogo ficou muito mais atrativo e as viagens muito mais possíveis de acontecer. 

O regional de Fortaleza foi o segundo que venci na ”nova era” do Pokémon TCG. Havia vencido o de Belo Horizonte em 2017. Fui também finalista do Regional de Curitiba em 2017 e consegui um top 8 no Regional de São Paulo em 2018 e top 16 no regional de Salvador do mesmo ano. Venci também os Special Events de Buenos Aires e Rio de Janeiro. A nível internacional, meus melhores resultados foram top 4 no Internacional da Oceania e top 32 no Internacional da América do Norte, ambos em 2018, além de ter disputado o dia 2 do mundial do mesmo ano.

Sobre o deck usado em Fortaleza, eu acreditava que Zoroark/Lycanroc seria a melhor opção, pois é um deck extremamente consistente, e tem uma certa vantagem contra os decks de Zapdos/Jirachi e Pikachu/Zekrom. A preparação para o torneio se deu no dia anterior, testando com alguns amigos e chegando a algumas conclusões sobre a lista, dando um espaço especial à Plumeria, que originalmente foi colocada no deck para a partida contra Ultra Necrozma/Malamar, que considero ser uma partida difícil para Zoroark, e removeria a energia metálica do Ultra Necrozma, dificultando assim a sequência de nocautes do deck. Porém, a Plumeria se mostrou excelente também na mirror, além de ser útil em alguns momentos contra os decks elétricos.

Decklist - William Azevedo

Decklist campeã de Fortaleza – clique para ampliar 

Para mim, o melhor momento do torneio foi o top 4, onde eu enfrentei um amigo de longa data no Pokémon, Ricardo Hille de SC, e estava na expectativa de vencer e poder jogar uma final gaúcha, já que um dos concorrentes à final era um amigo aqui do RS, Vinícius Moschen.

Então é isso pessoal, fico contente em compartilhar com vocês um pedaço da minha jornada nesse jogo tão adorado por nós todos. Espero que tenham aproveitado a leitura.

 Vejo vocês no Regional de São Paulo!

 Abraços a todos,

 William Azevedo

Tag: , ,