abril 24, 2019 -

Em um metagame recheado de guerras climáticas, o soberanos dos céus Rayquaza é resposta para a maior parte das grandes ameaças – e é por isso que você deve temê-lo

Ultra Necrozma pode hoje ser o Pokémon mais ameaçador do jogo, mas antes dele já havia um rei. O senhor dos céus Rayquaza se gaba de ser o único monstrinho a poder Megaevoluir sem a necessidade de uma pedra equipada, ostentando não somente atributos astronômicos como também a disponibilidade de equipar itens como Life Orb, Assault Vest ou mesmo Focus Sash para aumentar o terror que emplaca nos seus oponentes.

Contudo, o que talvez seja sua perícia mais importante no contexto atual do jogo não é sua pura habilidade para destruição, mas sim o seu controle do ritmo da partida. Atualmente, Pokémon passa por um metagame similar ao de 2011 até 2013, dominado por mudanças de clima para potencializar os atributos de certos Pokémon ou reduzir o desempenho de certos oponentes. É aí que Rayquaza entra pra valer, ostentando um nicho que ele pode ocupar melhor do que ninguém – especialmente considerando seu papel em seu jogo original: trazer ordem ao caos climático.

Trava Atmosférica

1200px-Primal_Groudon_and_Primal_Kyogre_artwork

A enxurrada de Primal Groudon e Primal Kyogre no VGC ‘19 faz com que basicamente todo confronto tenha chuvas intensas, um sol de rachar ou os dois revezando loucamente (parecendo um dia normal na cidade de São Paulo). Devido à natureza constante desses climas e seus efeitos poderosos, como anular golpes de determinados tipos que podem ser prejudiciais ao seu time. A estratégia mais tradicional é colocar seu próprio Primal contra o do oponente para anular seus efeitos climáticos, mas Rayquaza oferece uma alternativa.

Air Lock, sua habilidade, anula todos efeitos de mudança climática vigentes em campo. Isso não cancela sua presença, apenas faz com que não tenham nenhum efeito prático. Um Air Lock ativado no momento certo pode permitir que aquele Primal Kyogre acerte o Origin Pulse na cara do Primal Groudon inimigo, apesar do sol pesado ainda em atividade. Fica tudo a critério do treinador de saber o melhor timing para colocar o titã verde em campo.

A questão é que Air Lock é a habilidade apenas da versão tradicional de Rayquaza, e não sua Megaevolução. Contudo, isso não quer dizer que ele não possa dar trabalho pós-transformação. A diferença é que ele não se contenta mais de apenas anular efeitos e cria seu próprio clima para substituir os outros com sua habilidade Delta Stream, anulando a super eficácia de golpes vantajosos contra tipo Flying e atropelando Desolate Land ou Primordial Sea. Mas atente: diferente de Air Lock, Delta Stream PODE ser substituído pelos climas de Groudon e Kyogre caso esses troquem e voltem para o campo depois. A prioridade é sempre de quem chega por último na arena!

Colosso Esmeralda

Além de obviamente poder controlar o ritmo do confronto através do clima, como já falamos, Rayquaza é um monstro ofensivo. Com uma velocidade base de 115, acesso a movimentos de set up como Dragon Dance e Swords Dance e um ataque base de 180, seus números são astronomicamente altos. Com apenas 1 estágio elevado de Attack (efeito de um Dragon Dance ou de Swords Dance após receber Intimidate), seu Dragon Ascent pode nocautear um Xerneas tradicional mesmo com Nature neutra para Attack. Com Life Orb, o dragão nem precisa elevar seus stats antes ameaçar a vida de um Xerneas com seu ataque assinatura, tendo 25% de chance de nocauteá-lo.

Além de tudo, ele ainda pode seguir com sets mais balanceados e defensivos, capitalizando na resistência extra ganha com Strong Winds e Assault Vest para resistir aos golpes de gelo mais comuns no meta. De qualquer maneira, Rayquaza com sua Megaevolução é o tipo de criatura que pode definir todo o rumo da partida e não deve ser subestimado de forma alguma. Se aparecer no Team Preview do lado do inimigo, é bom se preparar para um confronto intenso e saber bem onde focar seus ataques.

Agora, se aparecer no Team Preview do seu lado, bem, que Arceus tenha piedade do seu adversário.