abril 16, 2019 -

Com a Ultra Series começando agora em abril, uma nova gama de Pokémon ficará disponível para que os jogadores de VGC possam modificar seus times. A principal mudança do metagame da Moon Series para Ultra Series envolve disponibilizar o recurso da MegaEvolução e da Reversão Primal (no caso de Groudon e Kyogre). Contudo, algo que pode passar despercebido por alguns jogadores é que o único Z-Crystal banido da rotação anterior está agora disponível: Ultranecrozium Z.

Além de permitir que Necrozma dispare um dos mais poderosos Z-Moves do jogo (Light That Burns the Sky, com 200 de força e adaptável aos atributos do usuário, mudando de físico para especial ou vice-versa de acordo com o maior stat de Necrozma, Attack ou Special Attack), uma mecânica exclusiva do lendário é o Ultra Burst, uma transformação que, para todos os efeitos, se comporta como uma MegaEvolução. Em suma, é uma transformação que muda os atributos, tipo e habilidade de Necrozma sob demanda do treinador, podendo mudá-lo de acordo com sua necessidade.

Enquanto isso pode se assimilar a uma transformação qualquer, Necrozma está longe de ser um Pokémon qualquer. Em suas garras, essas mudanças podem determinar todo o rumo do combate. Se não entendeu o porquê, senta aí que vamos chegar nisso.

O Iluminado

Necrozma é O Iluminado

O que torna Necrozma tão especial é uma combinação de inúmeros fatores. Para começar, o Pokémon está disponível em duas formas básicas (três considerando a original, mas ela não é relevante para essa discussão): Dusk Mane e Dawn Wings. A habilidade de ambas é idêntica, Prism Armor (que reduz o dano recebido de golpes Super Eficazes), mas muda seus tipos, stats e ataques. Por serem baseadas em fusões com Solgaleo e Lunala, respectivamente, seu tipo varia de Psychic/Steel para Psychic/Ghost, além de receber stats balanceados aos dois lendários supracitados e bem como seus ataques assinatura.

Quando ativado o Ultra Burst, Necrozma se transforma em Ultra Necrozma, o que faz com que seu tipo seja alterado para Psychic/Dragon, seus atributos sejam amplificados e sua habilidade se torne Neuroforce (que aumenta o dano causado em oponentes com ataques Super Eficazes). Quando se compara a forma secundária com a inicial, começa a ficar claro por quE esse Pokémon é tão versátil e intimidador.

Necrozma, com o apertar de um botão, pode migrar de um Pokémon bastante defensivo para um poderoso atacante. Seus tipos são sinérgicos (especialmente Dusk Mane para Ultra, já que Steel e Dragon são tipos que se complementam bem, do ponto de vista de resistências) e permitem jogadas inteligentes para surpreender inimigos. Com uma velocidade muito alta, só sendo superado por monstrinhos com base 130 em Natures positivas, e equilibrados pontos de Attack e Special Attack (ambos bem altos), sua versatilidade é mortal, deixando o oponente sem saber exatamente com o quê está lidando até que ele comece a atacar. E acredite, quando ele disparar a primeira bomba, será tarde demais para reagir.

Céu nublado

Mega Rayquaza e Primal Groudon

O novo formato ainda está em seus primeiros estágios, e podemos esperar mudanças bastante drásticas em como os times são formados entre a Moon Series e a Ultra Series. Não somente Necrozma, mas diversos outros titãs estão recebendo de volta a amplitude de seus poderes (estamos olhando para você, Mega Rayquaza), então vai ser muita tentativa e erro. Porém, independente do time que estiver montando, é preciso levar em conta o poder de Ultra Necrozma.

Com acesso a um arsenal tão robusto, a habilidade de derrubar paredes defensivas como ninguém, acesso a posturas defensivas e ofensivas para jogos psicológicos e atributos que acompanham esse aspecto de intimidação, pode ter certeza que, se vir um Ultra Necrozma do outro lado da arena no Team Preview, é bom ter cuidado e levantar todas as suas defesas. E, é claro, é bom considerar ter o seu próprio titã incinerador de céus no seu círculo de amizades.

 

Escrito por:

 

Como todo bom treinador, Fellipe Camarossi começou sua jornada aos 10 anos com seu primeiro cartucho da franquia. Participando do circuito competitivo desde 2007, resolveu seguir a rota Gary Carvalho e deixou de lado a adrenalina da arena para se tornar um Professor Pokémon, lecionando e apitando em campeonatos oficiais. Se estiver em São Paulo, pode esbarrar nele nos Premier Challenges e Midseason Showdowns que rolam na cidade!

 

 

 

 

 

Tag: , , , , ,